quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Star Wars - The Force Awakens

Dia 17 de Dezembro estreia o filme mais esperado do ano - a saga da Guerra das Estrelas.  Tão esperado que o "amanhã" traduz-se em sessões às 00:05h desta noite em todos os cinemas.

O Ministério Agridoce partilha em exclusivo algumas imagens...


quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Por onde passamos

Em 2010 fiz um trabalho de desenvolvimento organizacional com a orientação do meu mega super guru de liderança e amigo que admiro: Miguel Pina e Cunha, da Nova SBE.
Passados 5 anos vejo a actualidade da informação sistematizada abaixo e quão útil nos pode ser tê-la bem presente no espírito. Para identificar ameaças e oportunidades. Para ajudar a fazer escolhas. 

E penso... "Que o bom senso me acompanhe para discernir as organizações e os meios onde posso crescer positivamente e onde a minha essência dá mais frutos".

Organizações tradicionais (organizações complexas, que assumem que as pessoas são simples)
1.      Há pouco apoio às novas ideias;
2.      As pessoas que tentam mudar as coisas não são recompensadas;
3.      A organização dificulta a aprendizagem para além da função;
4.      Os gestores dizem às pessoas exactamente aquilo que elas devem fazer e vigiam-nas para que assim aconteça;
5.      Os gestores consideram que o seu trabalho é comandar e dar ordens;
6.      Os gestores garantem que as regras são seguidas;
7.      Os gestores raramente concedem feedback aos seus colaboradores sobre a qualidade do seu trabalho;
8.      A tecnologia tende a ser mais importante que as pessoas;
9.      Só um pequeno grupo de peritos compreende o funcionamento da tecnologia e sabe como proceder à sua manutenção.

Organizações de elevado desempenho (organizações simples, com pessoas complexas)
1.      Busca constante de novas ideias;
2.      As pessoas que tentam mudar a organização são encorajadas;
3.      As pessoas são encorajadas a adquirir conhecimentos que ultrapassem o âmbito restrito da sua função;
4.      Os gestores explicam às pessoas os resultados a alcançar e ajudam-nas a identificar o que devem fazer para que tal aconteça; 
5.      Os gestores consideram que o seu trabalho é ajudar os subordinados a alcançar resultados;
6.      Os gestores encorajam a inovação, mesmo quando isso significa colisão com as regras;
7.      Os gestores proporcionam feedback com regularidade aos seus subordinados;
8.      As pessoas e a tecnologia são consideradas igualmente importantes para a organização;
9.      Muitas pessoas compreendem os aspectos básicos da tecnologia e sabem como actuar em termos de manutenção de rotina.

Muitas organizações mantêm-se no estilo tradicional, às vezes por força do sector mais conservador em que competem. E correm o risco de se tornar cada vez menos interessantes e menos valiosas.
 
A escola Toastmasters, também é suposto promover o elevado desempenho nos seus clubes.
 
 
Mas será que o está a conseguir? Ou está a deixar crescer ervas daninhas?

domingo, 29 de novembro de 2015

Pensamento do dia

Os ventos que às vezes levam algo que amamos são os mesmos ventos que nos trazem algo que aprendemos a amar. 

terça-feira, 10 de novembro de 2015

Debate do programa do Governo

Reacção no dia de hoje... "Falam falam falam mas não os vejo a fazer nada..."



sexta-feira, 30 de outubro de 2015

OMS e carnes processadas

Um grupo de especialistas da Organização Mundial de Saúde declara que o consumo de carnes processadas aumenta o risco de sofrer de cancro. Pode ler-se na recomendação emitida que linguiça, presunto, hamburguers, salsicha e bacon são cancerígenos. A indústria reagiu energicamente.



O que é carne processada?
O estudo da OMS considera carne processada “qualquer tipo de carne que foi transformada com sal ou fermentação, ou seja curada ou defumada, para melhorar o sabor e preservar o alimento”. Isto inclui salsichas e hambúrgueres de carne moída e também embutidos. Embora a maioria deles sejam de carne de vaca ou porco, este grupo também inclui embutidos feitos com sangue, carne moída de ave ou vísceras.
A OMS considera carne vermelha a que provem do músculo de um mamífero, o que inclui boi, cordeiro, porco, cavalo e cabra.

http://elpais.com/elpais/2015/10/26/ciencia/1445860172_826634.html

segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Emissões reduzidas de CO2

Exemplificação portuguesa, da fraude prosseguida pelo Grupo VW... :)




sexta-feira, 2 de outubro de 2015

quinta-feira, 1 de outubro de 2015

quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Objectivo do dia


p.s : útil, principalmente com alguma irritação no trabalho... Nestes momentos, tento mesmo pensar que quero ser uma pessoa melhor e mais paciente.

terça-feira, 29 de setembro de 2015

Pode existir vida em Marte

Foi um dia em cheio para a NASA (e para o mundo e para o universo que conhecemos): a agência norte-americana anunciou que foram encontrados indícios de água no planeta e agora quer descobrir e confirmar se há ou não vida no planeta vermelho.

Sendo assim:
NASA vai enviar três naves e quer levar humanos para Marte
Tudo indica que a fama dada à época dos Descobrimentos é a razão para os portugueses serem os primeiros a embarcar na nave. Altamente posicionados, só mostram um inconveniente: é que para meter lá dentro a nossa classe política (que fazem questão de se estrear na missão), o Obama vai ter de abrir os cordões à bolsa para a construção de mais naves.

Os que estimam não se safar nas próximas eleições, já se estão a organizar em grupos de trabalho: especialistas para definir o PDM de Marte, outros para estudar a área de reserva ecológica onde houver água e ainda um comité de luxo para estudar o modelo de taxa extraordinária interplanetária (coordenado pelo Ministério das finanças, que lá de taxas percebem eles - não venha cá a Nasa com ideias de meter o bedelho!). E porque Portugal também é país de inovação, também vão tentar vender o conceito das SCUTS na Via Láctea.

http://expresso.sapo.pt/internacional/2015-09-28-NASA-vai-enviar-tres-naves-e-quer-levar-humanos-para-Marte

sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Apoio aos refugiados

Partilhamos neste Ministério algumas considerações práticas sobre a actual crise, resultado de amadurecimento de ideias, semanas de telejornais e convívio com adeptos de teorias da conspiração:

- já temos políticos suficientes, bem como responsáveis de instituições internacionais para discutir o problema em termos geo-estratégicos e raio-que-os-parta Schengen. É fechá-los numa sala a fazer divagações teóricas e negociações europeias, nomeadamente sobre parar de alimentar terroristas.

- em paralelo, uma outra estrutura há-de definir o modelo de apoio logístico de controlo entre fronteiras, identificação etc., idealmente recorrendo à experiência de organizações no terreno. 

- quando oiço que "ah e tal os terroristas vêm lá no meio... são muçulmanos, são radicais" só me ocorre que se vemos alguém em sofrimento, surge uma predisposição natural para agir de forma a aliviar esse estado e a emoção sobrepõe-se à razão (razão essa, a que se dedicam os tais do raio-que-os-parta-Schengen que referi uns pontos acima!). A emoção, em termos práticos, significa dar calor às pessoas, alimento, trata-los como seres humanos dignos que são. E fazer pagar o justo pelo pecador nunca fez muito sentido para mim. 

- o óptimo é inimigo do bom: não é por não podermos acabar com a guerra de um dia para o outro ou responsabilizar os EUA, entre outras teorias que tais, que vamos fechar os olhos e fingir que  não estão a chegar mais de 2000 desgraçados por dia, às portas da Europa, deixando-os lá em "armazém" a atirar comida no meio de arame farpado, ignorando traumas e desprezando a dor daquela gente. 

Discutir tanta merdice sociopolítica a ponto de virar a cara a ajudar quem precisa, para mim é sinónimo de um caminhar a passos largos para corações de pedra.

- Portugal: Somos um povo generoso. Não só o meu coração de voluntária universitária do GASNova começou a pulsar com mais força, como de alguns amigos dessa época. Já podemos estar todos a trabalhar e com as nossas vidas organizadas de forma diferente, mas o instinto de contribuição social pura, permanece. Em menos de um piscar de olhos foi criada a Plataforma de Apoio aos Refugiados (PAR) - o Serviço Jesuíta aos Refugiados está no núcleo desta Plataforma e tem um trabalho de campo incrível.



No dia da Conferência de apresentação da PAR - Plataforma de Apoio aos Refugiados, eu estava a trabalhar mas tinha uma amiga correspondente - a super Constança Dias!- cujo relatório transcrevo abaixo, para os meus queridos (e)leitores:

1. A PAR foi criada para dar resposta às necessidades dos refugiados que estão a chegar a toda a europa e também a Portugal já no fim de Outubro (previsto).

2. O site da PAR é www.refugiados.PT

3. Tem diversos parceiros e o número de parceiros está a aumentar. Parece-me importante dizer que as várias religiões estão entre estes parceiros, nomeadamente a Islâmica.

4. A PAR criou 2 linhas de acção

a. PAR família – tem por objectivo o acolhimento e a protecção das famílias, com os objectivos da autonomia e independência.

i. O modelo escolhido para o acolhimento é o das instituições anfitriãs
ii. Qualquer instituição pode ser anfitriã – desde escolas, juntas freguesia, câmaras, empresas, com apoio também de outras empresas, pessoas individuais, etc. Usar a imaginação para pedir apoios locais (eu vou apresentar a PAR às Juntas de Freguesia mais próximas de mim).
iii. Critérios para ser instituição anfitriã: Por 2 anos garantir o alojamento, alimentação adequada e acesso aos serviços básicos (saúde, trabalho, educação e aprendizagem de português). Os refugiados vão ter algo como um titulo de residência que lhes permite ter acesso ao Sistema Nacional de Saúde e trabalhar. A instituição anfitriã deve apenas garantir que dará as condições/ajudará à procura de trabalho….não tem de arranjar trabalho propriamente.
iv. Vai haver um contrato de acolhimento para proteger ambas as partes envolvidas neste processo (direitos/deveres).

b. PAR Linha da frente
i. Objectivo – Ajudar os refugiados que ainda não conseguiram chegar cá ou a outros países de acolhimento e que estão por isso nos países em guerra ou em países de “transição” através do apoio local da Cáritas e outros.
ii. Para atingir o objectivo são pedidos donativos financeiros para nib’s da cáritas (ver site cáritas) e de outros que provavelmente hão-de aparecer no site da PAR.

Porquê dinheiro e não géneros?
a. A ajuda é mais difícil de chegar.
b. Muitas vezes não chega em boas condições, nem atempadamente, especialmente em locais de conflito.
c. Diferenças culturais e de climas muitas vezes tornam a ajuda em géneros desadequada (vestuário).
d. Enviar dinheiro permite desenvolver ou manter a economia local, porque em vez de enviarmos de cá géneros, têm de se comprar e produzir lá… o que cria postos de trabalho e é bom para todos os envolvidos…

Resumindo... o que podemos fazer:

1. Partilhar o site e iniciativas da PAR o mais que pudermos entre os nossos contactos (redes socias, boca a boca, carta, bilhete numa garrafa lançada ao mar... todos os meios são bons).

2. Oferecermo-nos como voluntários enviando um email para par@ipav.pt - há um espaço no site com esse fim e depois é só aguardar que nos contactem.

3. Fazer donativos em dinheiro para o PAR Linha da Frente.

4. Arranjar Instituições anfitriãs, que depois também se podem inscrever numa área no site para posteriormente serem chamadas.

5. Desmontar as opiniões "tóxicas" que visem levar a uma rejeição dos refugiados (já todos conhecemos os comentários do costume: "não há para nós, mas agora vai haver para eles", " temos é de cuidar de nós", "os estrangeiros têm de ir para a sua terra" etc etc). Há que combater isto em todas as ocasiões...facebook, conversas de café, jantares familiares (e para os políticos....na assembleia). Ajudar faz parte de ser humano e... ser português é ser humano.

Não há que ter medo de ajudar.
As boas acções trazem em si a promessa de algo melhor para todos.

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Tiago Bettencourt - o que é nacional é bom

E eu que sou fã há anos do Tiago Bettencourt e ando há dias com os CDs dele em repeat, descubro esta maravilhosa versão exactamente hoje, dia em que este músico excepcional faz anos.

Só um ser humano bom, genuíno, delicado e completo cria uma música e letra assim. Não sei se estarei eu num momento mais atento a alguns versos, mas acredito que esta música seja boa de sentir para muita gente. Estou quase a meditar com ela... Chama-se "Temporal" e é interpretada de forma caseira e simples (o Tiago faz anos e quem recebe presentes somos nós, aqui no Ministério).



Quem o conhece ou já ouviu falar, confirma a atitude humilde e de propósito real com que vive esta entrega à música e isso é inspirador.
Obrigada Tiago. O que é nacional é bom!
Parabéns!

https://www.youtube.com/watch?v=4RJn9vDzhQ4&list=PL6x4yMMr49Vou2k234E4g4WmlWvpEIFIQ&index=11

Temporal
"Enquanto muito se inventa
Apontando para disparar
Enquanto muito se imita
Carregando para arrancar
Porque só sabe quem tenta
Porque só arde o que vem de ti
Porque só cede quem cega
Porque não finge quem é de si

E quando o teu sonho arder no temporal
Tenta-te descobrir
Tenta-te perceber
Guarda para lá do mar o que tentámos ser
Sei que há gente que nega
Sei que há gente sem direcção
Sei que há gente que ferra quando despe imitação
Mas é de ferro esta seta e há verdade noutro lugar
É eterno o poeta
E acredita quem navegar

E quando o teu sonho arder no temporal
Tenta-te descobrir
Tenta-te perceber
Guarda para lá do mar o que tentámos ser
Quando não se confia e quando o mundo nos cerca
Quando o olhar se desvia
Quando o deserto nos cerca
Canta o que te ergue
Que mãos dormentes não vão saber
Canta por quem te segue
Canta para quem te vê crescer

E quando o teu sonho arder no temporal
Tenta-te descobrir
Tenta-te perceber
Guarda para lá do mar o que tentámos ser."

quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Guilty pleasure

Se há coisa gira no universo feminino, é quando os nossos gostos evoluem.*
Podemos continuar a gostar do mesmo tipo de coisas mas há um momento em que algo muda e já só gostamos desse mesmo tipo de coisas mas com mais qualidade ou com um toque de sofisticação ou pormenor extra, normalmente acompanhado de um rombo maior no bolso! No entanto, traduz um resultado de je ne sais quoi na autoestima. Observando, concluo que são mudanças internas em que nos valorizamos mais e acabamos por fazer escolhas que as espelhem no exterior.

Por exemplo: sempre gostámos de pijamas práticos de calções, mas a partir de determinada altura já só queremos vestir pijamas de calções da woman secret com um pormenor de renda; ou não ser de nenhuma marca em especial, desde que de 100% algodão (egípcio).
Também há a fase em que mudamos de cabeleireiro e ganhamos a mania de ter um só nosso, pelo menos durante 5 anos e defendemos que só ele (e mais ninguém!!) conhece bem o nosso cabelo para poder mudar o corte!!... Ou quando adoramos sapatos de salto alto, mas chegamos aquela idade em que já só conseguimos comprá-los se forem bem desenhados, com um toque de Adolfo Domingues e não nos lixem a coluna. Sim, sim, porque há quem tenha febre de sapatos e "ah e tal estes são tão giros e tão sexys, pena que só dá para aguentar com eles 1 hora nos pés ou para estrear no casamento da prima..." Vá lá, o vosso corpo não merece isso, a sério. Nem a prima, coitada, que se esforçou tanto a organizar a festa e quer imenso que vocês se divirtam no casamento dela e dancem, como se não houvesse amanhã! E já agora, acrescento: dançar com estilo, sem terem de trocar os sapatos para havaianas a meio da noite.

Passamos a dar mais valor à qualidade resistente, perene e que sabemos que vai acrescentar classe a todas as ocasiões. Um charme discreto. (Não precisamos de entrar em canganças e gastar balúrdios a exibir marcas a torto e a direito - mas acho importante ter a noção que um top básico da Zara ganha logo uns pontos se juntarmos umas boas calças pretas e uns scarpinis potentes!)

E quanto a assessórios? Eu gosto muito de anéis. Sempre gostei mas não tenho muitos por ser difícil encontrar um tamanho tão fino para os meus dedos. E porque, normalmente, quando encontrava um que me servisse , acontecia ser dos mais caros da montra, de alguma marca XPTO e eu pensava... "que exagero, não vou gastar este dinheiro num anel". Então satisfazia-me com peças de prata ou pedras.. Depois veio a fase celibatária em que não comprava anel nenhum ou raramente usava os meus: "Prefiro abdicar de algo que já não me enche as medidas e poupar ou guardar-me para quando houver oportunidade e me apetecer fazer o upgrade".
Pois bem, hoje, depois de semanas a namorar a Calvin Klein, ofereci um presente a mim própria e a fasquia voltou a subir.



Consequências: fico preocupada porque também ando há meses sem conseguir usar nenhum relógio (fase celibatária) e portanto acho que vou ter um rombo grande no bolso nos próximos tempos...

*Há quem tenha o azar de evoluir para pior, mas quero acreditar que não é o meu caso :)

terça-feira, 25 de agosto de 2015

A importância dos papéis


Quando se consegue um papel muito importante para o nosso negócio próprio dar um passo em frente, acorda-se antes do despertador, para ser a primeira a ser atendida na CML!

Quando esse papel chega cinco dias antes de terminar um prazo para me candidatar a um evento em que sonho apresentar o meu negócio, isso é um sinal forte que me toca e dá coragem a continuar a investir.

Brevemente explicarei melhor aqui no blogue do que se trata, uma vez que a experiência pode ser útil a outros empreendedores. Este era o passo mais difícil e mais exigente e estou a sentir-me ridiculamente feliz com estas três folhinhas nas mãos... :)

Gulosos de Portugal, "me aguardem"!...

 

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Regresso de férias

Hoje foi dia do despertador tocar de manhã, sem perceber porquê ... e só passados uns minutos lembrar que é para ir trabalhar. 

Depois, já na empresa, foi dia de entrar no elevador e ficar a olhar para os botões até lembrar qual é o meu piso...

terça-feira, 28 de julho de 2015

Oh meu Deus, o "guru" do Mindfulness vai de férias e fico em stress! :)

Leiam este quadro atentamente e alcancem a profundidade da sua simplicidade.


 
Às vezes sinto algum destes pontos tão coxo... Deve ser de ter o meu "guru" de férias ... Começo a ressacar das práticas guiadas e a ficar em stress, o que é contraproducente para a minha evolução enquanto mindful people. Acho que estou viciada no bem estar e equilíbrio das pausas milagrosas dessas sessões semanais.

Objectivo de férias: conseguir disciplinar-me para praticar sozinha. Na praia. Nos jardins de Belém. Antes da cidade acordar. A aproveitar a energia da manhã. Com o sol a aquecer a pele e a iluminar a alma.

segunda-feira, 27 de julho de 2015

Legislativas 4 de Outubro


É impressionante como esta legislatura consegue atrapalhar-me a vida até ao último dia do seu mandato!!... 
O Cavaco Silva marca as eleições exactamente para o fim de semana que eu prevejo fazer umas mini-férias! A sorte é que ainda não comprei o bilhete de avião e assim ainda há a possibilidade de contribuir com mais um voto... Mas sinto-me muito em dúvida, sobre se altero os planos de prazer para poder exercer o meu dever, ou se fujo à tristeza inerente ao enchimento político nas televisões e discursos vazios de promessas cumpríveis!...

É que marcar uma viagem a preço de voo acessível, na data em que nos dão estadia, em que aproveito os poucos dias de férias que me restam e tentando apanhar um fim de semana e os anos de uma amiga, não é fácil! Mesmo quando estamos a falar de portugueses com fama de serem uns verdadeiros artistas a adaptar-se e a inventar soluções!...



http://observador.pt/2015/07/22/cavaco-silva-marca-eleicoes-legislativas-para-dia-4-de-outubro/

terça-feira, 14 de julho de 2015

Meditação do dia



O ego é um icebergue. Derreta-o. Derreta-o com amor profundo, para que desapareça e se torne parte do Oceano.

Osho


sexta-feira, 10 de julho de 2015

Eventos loucos no fim de semana

6ªf produtiva e com o stress concluído às 5h da tarde... Uhh tão bom ;)

Banda sonora para quem está quase a ir de fim de semana...
https://www.youtube.com/watch?v=DxL78VUGJ2s&index=6&list=WL

E um evento 100% português, meio louco que chega já amanhã e bom para descomprimir, é o City water slide! Parque aquático e escorrega gigante no Parque Eduardo Sétimo, bom para toda a família e para amigos divertidos aproveitarem o sol, já que este fim de semana com o vendaval, a praia vai estar de fugir.  



Para ajudar à festa e depois de escorregar "coloridamente" a tarde toda, alimentemo-nos no festival de Street Food no Martim Moniz. Comida de rua em grande estilo, arrisco-me já a dizer que é no petisco do Choco louco, com receitas deliciosas de choco frito a experimentar e boa disposição dos donos a animar o ambiente! 

Site:
http://citywaterslide.pt/
http://culturall.blogs.sapo.pt/a-comida-de-rua-chega-a-capital-em-329594

sábado, 4 de julho de 2015

O poder de um discurso.


Esta semana atingi um objectivo importante a que me tinha proposto: concluir o percurso de comunicação do programa Toastmasters (onde profissionais de todas as áreas podem aprender a comunicar, conduzir reuniões, gerir, liderar, delegar e motivar). E conclui sabendo que o meu desafio, desde o momento de inscrição, era a exposição.

Fi-lo a subir ao palco entregando um discurso que se quer motivacional. Falei de mim. A um nível de tal forma profundo que só em pensamentos. Com uma serenidade de quem respira fundo, na consciência de que um dia teremos de deixar de ter medo de expor a nossa vulnerabilidade.

Passados uns dias, ainda sinto que a inspiração também (?) se deu em mim.

Amar e ser amado. Cá dentro.
Regressei a casa.


Obrigada às avaliações especiais, construtivas e com amor que recebi, discurso após discurso.
https://www.youtube.com/watch?v=P8a4iiOnzsc&list=WL&index=4

domingo, 28 de junho de 2015

Sobre a tradição buçal da queima do gato.

Parece que há uma terra, algures no Portugal profundo, onde existe uma tradição de queimar um gato vivo no alto de um poste e onde o povo se diverte buçalmente. Não vou entrar em pormenores para não deixar o (e)leitor tão mal disposto como eu fiquei quando soube.

A onda de indignação foi grande pelo pais fora e consta que a GNR está a averiguar o caso.
Averiguar? Oh meus amigos, um caso destes é para ir de poste em brasa directo aos autores (os que oferecem o gato, os que se riem, os que permitem) e pô-los com o rabo a arder até às orelhas*!!

Se barbaridades destas não fossem punidas exemplarmente, em algum momento da história ainda viveríamos como nos tempos das grutas, com coelhos atados à cintura e peles de vaca sobre os ombros ou, numa visão "mais moderna", com a violência e tradições do Antigo Testamento.

Evolução civilizacional é preciso!
A compaixão pelos animais é das mais nobres virtudes da natureza humana.


 
 
(*) - pô-los com o rabo a arder até às orelhas ao som desta música
 

sábado, 27 de junho de 2015

quarta-feira, 17 de junho de 2015

A nossa face após 1 h de meditação


Os queridos (e)leitores do Ministério Agridoce sabem quão raro é colocar fotografias minhas aqui (se a memória não me falha, esta é a 2ª vez que tal acontece). Mas lembrei-me do exercício de mindfulness do Zorbuddha, em que nos é pedido para tirar uma fotografia no início do programa e outra no final. A ideia é verificar a diferença e leveza na nossa expressão, após 8 semanas de meditação regular.

Pois hoje os céus premiaram-me com a meditação perfeita para a despedida dos meus 35 anos. Ou então fui eu que já aprendi alguma coisa e consegui sentir o efeito profundo de entrar em conexão com o coração e o Universo. Abundância, escassez, agradecimento, desejar o bem estar do próximo, aceitar o amor do outro, fazer com sentido de propósito e não pela azáfama de fazer para ter mais... Várias emoções na sala e até momentos de riso houve. Foi tão giro!...
Fica o registo do momento.

 
Obrigada Sagara.
 
Coincidência ou não e numa vertente mais católica, o comentário ao evangelho de hoje e que recebo online* vai no mesmo sentido. Santo Agostinho disparou-me um mail a dizer:
 "Entrar no fundo da tua casa é entrar no teu coração. Felizes os que se alegram por entrar no seu próprio coração e nele não encontram mal. (...)"

 

 
 

sexta-feira, 12 de junho de 2015

Momento de força de vontade.



 
Somos mais capazes do que pensamos. Sabemos mais do que lembramos.
Aguentamos mais do que desejamos. Crescemos melhor do que esperamos.
Merecemos mais do que acreditamos.
Alcançaremos mais do que sonhamos.

quarta-feira, 10 de junho de 2015

Dia de Portugal

Neste dia 10 de Junho, recordemos um dos mais famosos símbolos de Portugal - o galo de Barcelos!
 
Segundo a lenda, um galego foi preso injustamente em Barcelos (cidade do Norte de Portugal) e para provar sua inocência, autorizaram-no a ir à residência do juíz que estava num grande banquete com amigos. Não acreditando na inocência do pobre homem, o juíz ignorou-o, então o galego aponta para um frango assado e diz: "É tão certo eu estar inocente, como certo é esse galo cantar quando me enforcarem.". E o galo cantou e assim o galego escapou de uma morte certa na forca.

Pessoalmente não acho a história nada de especial, e até precisei de uma ligeira pesquisa para dar com ela. Enfim, não é tão fácil de reter como as milhares de anedotas que existem sobre galos e galinhas... mas o símbolo, esse sim, acho genial!

Um objecto bem tradicional, que tem inspirado muitos designers a ousar com um toque mais moderno e estilizado. Novos traços, novas cores, mais simplicidade, a mesma história e o mesmo orgulho nacional.



Gosto tanto do galo de Barcelos que me sinto uma turista no meu próprio país!

segunda-feira, 1 de junho de 2015

Leão do Sporting estilo L'Oréal

 Festa em Alvalade com a conquista da Taça de Portugal:


 
"Porque eu mereço!"

segunda-feira, 18 de maio de 2015

terça-feira, 12 de maio de 2015

I want you happy

"I want you happy" é um projecto fabuloso de Vera Noronha. Um objecto simples que traz luz às nossas casas, revelador de uma ideia linda e uma dedicação e trabalho por trás, que dá gosto ver. Venham mais jovens dinâmicos e empreendedores portugueses!

O projeto vive do entusiasmo de levar a casa das pessoas, frases poderosas de uma forma cativante (frases da Bíblia, orações, frases de Santos, Papa e cânticos religiosos).

Peças com uma dimensão proeminente, onde o lettering é recortado em estilo stencil e iluminadas por dentro por uma fita led. Ao lado da assinatura VN (na quinagem de lado) vai sempre a referência de onde é tirada a frase.



E as peças são mesmo giras !

segunda-feira, 4 de maio de 2015

Dia da Mãe.

E um piropo a condizer:

"Fofa, se eu te visse a nascer, casava contigo na maternidade."



segunda-feira, 27 de abril de 2015

2ª feira

- hoje é daqueles dias movidos a baldes de café!..


quinta-feira, 23 de abril de 2015

Contas da luz

 
Eis a sede da EDP - Energias de Portugal, na Av. 24 de Julho - Lisboa.
 
Vejam bem esta fotografia que tirei ontem à noite com o meu telemóvel...
 
...
... 

 
Edifício vazio, luzes todas acesas, lucros de mil milhões e facturas a pagar a aumentar.
 
Que as empresas cresçam e abundem acho muito bem. Mas não que gozem descaradamente connosco. 

segunda-feira, 20 de abril de 2015

Power poses...

Quando temos agendada uma reunião importante, o instinto matinal (ou de véspera) é organizar uma roupa formal mais caprichada. No meu caso, tinha uma conference call, era casual friday e mesmo assim o cérebro foi buscar um blaser ao guarda roupa (apesar de neste formato ninguém se ver).
Ah! A rotina é tramada...
De qualquer forma, nunca se está overdressed e julgo que a roupa nos traz sempre uma confiança acrescida. DA roupa à atitude, tudo se conjuga e coincidência ou não, acabei o dia com o desbloquear de uma negociação de centenas de milhões e no lado pessoal com o contrato de um ginásio espectacular por menos de 50 €.

Adoro quando os números correm bem :)


terça-feira, 31 de março de 2015

Saúde do coração - I

Um estudo realizado pela Universidade de Maryland, nos EUA, com 10 participantes que não tinham nenhuma doença aparente constatou que quando eles ouviam por 30 minutos as suas músicas preferidas ocorria a dilatação dos vasos sanguíneos. Esse gesto se equipara a reação de uma gargalhada, ao fazer atividades físicas ou quando tomavam medicações para o sangue. O diretor da cardiologia da instituição, Michael Miller, explica que ocorreu um aumento de 26% no diâmetro dos vasos, enquanto ao ouvirem uma música que não agradava ocorria uma redução de 6%. Dessa forma, o sangue flui mais facilmente, reduzindo as chances de formação de coágulos que causam enfartes e derrames, além de reduzir os riscos do endurecimento dos vasos, característicos da arterosclerose.
 
Ouvir música que faz bem ao coração: https://www.youtube.com/watch?v=GEaDw1aGFgU

sexta-feira, 13 de março de 2015

sexta-feira, 6 de março de 2015

Impostos - filhos e enteados

 
No dia em que me regularizo com as notícias nacionais, deparo-me com estas duas pérolas: Passos Coelho esteve cinco anos sem descontar para a Segurança Social, pois não sabia que tinha essa obrigação de pagar...
 
Por outro lado, o Fisco penhora bens alimentares aos voluntários do "Coração na Cidade" (Porto) que distribuem refeições a famílias carenciadas, por causa de uma dívida de SCUTS.
 
Digam-me que não sou só eu a ficar com os cabelos em pé com esta história!!...
 
 

  
http://observador.pt/2015/02/28/passos-coelho-cinco-anos-sem-descontar-para-seguranca-social/

http://www.jn.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Porto&Concelho=Porto&Option=Interior&content_id=4434700

quinta-feira, 5 de março de 2015

Quaresma - Dia 15



Imagem retirada do site iMissio - visão de Igreja tecnológica, actual e próxima (love it)

http://www.imissio.net/v2/index.php

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Quaresma - dia 6

Dia 6: Bondade.

Harmonia e fortalecer corações.

E uma música sublime, que é mel, a acompanhar... https://www.youtube.com/watch?v=2Rmil_raUtU



sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Quaresma

40 dias, 40 virtudes.

Dia 1: quarta feira de cinzas 

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Das letras mais bonitas.


"A correria dos minutos de cada dia
faz perder o sentido da magia
das coisas simples que nos fazem viver"

https://www.youtube.com/watch?v=gAjXKz4g7D8

António Chainho e Isabel Noronha

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Hora de almoço em estado zen...

Hoje fui experimentar meditação guiada. Uma pausa na hora de almoço, para abrandar o ritmo semanal e mudar de pessoas. Entrei por uma zona onde facilmente me perco, mas estava motivada! E que feliz surpresa, perceber como uma entrada discreta se desenvolve num espaço amplo para o verde Monsanto e com o sol a entrar pela janela, num cantinho. - Ah! Esse cantinho é meu! - Pensei logo. :)

Como Mulher-Sol, arrastei um colchão e improvisei ali um lugar. Acho que até meditei a sorrir, a sentir o calor na face e a perceber a luz através das pálpebras. O que mais gostei de ouvir dizer o guru (giro!!) foi algo do género: " Vamos cumprimentar e elogiar o coração. Não o coração que bate, mas o coração do emocional". 



Escrever mais sobre esta hora de almoço é redutor da experiência vivida... Aconselho apenas a fazerem algo do género ou quem sabe visitar este Centro. http://upaya.pt/


Música "Breathe" https://www.youtube.com/watch?v=TJqdN1q1eGg


segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Quando se dorme pouco.




Por outro lado, também é nessas noites curtas e momentos de ritmo acelerado que surgem mais insights e inspiração para avançar com projectos! :)

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Gratidão.


Há dias em que nos sentimos alinhados com a energia do Bem.



Hoje é o dia. 

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

O poder da música.

(Aviso: este é um post musical. Ler e ouvir a música colocada nos links abaixo pode causar-lhe sorrisos e boa disposição.)

Há "autores" que nos tocam mais do que outros, pela sua musicalidade e ritmo, que têm mais a ver connosco. Não que perceba muito da teoria... Alías, em pequena, os meus ensaios de flauta para as aulas de música do colégio devem ter sido responsáveis por ataques de nervos sucessivos nos meus avós, com quem vivi. Não me lembro deles se queixarem (tão queridos) mas hoje até me franzo toda a recordar as fífias da  #**$&§ da flauta e as horas em que eu tocava a mesma música das "Ceifeiras" (imaginem a quantidade de vezes que não devo ter tocado aquilo seguido, para ainda me lembrar, quase trinta depois, de algumas notas e que havia algures na letra umas ceifeiras!..).

Felizmente o meu gosto evoluiu. Podemos não perceber muito de música, mas podemos deixar-nos tocar muitíssimo por ela. Apreciar, soltar, respirar e sentir como alguns tons ecoam no nosso coração. Sting é daqueles artistas com quem cresci. Álbum após álbum. Um dia desarrumamos o CD guardado e percebemos que ainda sabemos as letras de cor. 

"Ghost Story" - é um musicão! Começa por fazer arrepiar e depois até de emocionar...



Oiçam duas ou três vezes seguidas... Experimentem... Parece que há um crescendo e um espírito positivo a aumentar o tom. As notas são bonitas. Os instrumentos misturam-se harmoniosamente com a voz rouca... e por volta do 3º minuto até o "Amadora Power" pulsa cá dentro!!

Eu considero-me uma sortuda em termos de músicas e bandas que a família me impingiu pelos ouvidos dentro. Havia o Sting e os Genesis e a estes diz-se algo como "é rock sinfónico!" Também não faço a mínima o que significa isto, mas dever mesmo bom porque são outros deuses a tocar! Já pensaram nos desgraçados cujos pais gostam de Zé Cabra e crescem ao som da cana rachada?! Deve ser um azar do caraças!

Zè Cabra - https://www.youtube.com/watch?v=OKr0wOOKXDE

Não se trata de uma questão de elitismo. Ele é mesmo mau. Eu posso não perceber de música mas topar quando desafinam, contrastando com uma capacidade de sentir a harmonia de uma canção e perceber beleza nela. Ou só alegria. O Marco Paulo por exemplo, é um marco da música popular portuguesa. FEZ HOJE ANOS!! És o maior! Eu gosto de Marco Paulo :) e esta hein? Porque é genuíno. E até tem voz.

Espreitem o "Maravilhoso coração" no youtube e é vê-lo a berrar notas mais altas que o Evereste, como se não houvesse amanhã!!  Aqui - https://www.youtube.com/watch?v=FnBUINmS_bk
 Marco Paulo "Morena, Oh Morenita" É animado, é único e é kitsch!

Ponham o "Morena Oh morenita" a tocar numa sala e é ver tudo no bailarico! Eu sou fã, adoro esta música. Peço que vejam o vídeo. Depois de uns segundos de espanto, recuem uns anos, aumentem o som e divirtam-se! 

O poder da música? Qualquer uma tem... desde que nos desperte emoções! ;)


terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Je suis Ronaldo!!

Cristiano Ronaldo ganha mais uma bola de ouro e sagra-se o melhor jogador do mundo!
Outra vez!! :)



http://www.bbc.com/sport/0/football/30783885

segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Eleições na Grécia e a Comissão Europeia a abrir a pestana!


"A Comissão Europeia vai propor uma nova prorrogação até seis meses do resgate à Grécia para evitar problemas de liquidez com o vencimento, a 28 de fevereiro, da última ajuda europeia, avançou um alto responsável comunitário.
Bruxelas pretende com esta medida minimizar a incerteza criada, até que se negoceie uma nova linha de crédito com o Governo que sair das eleições legislativas gregas, a 25 de janeiro, e tranquilizar os mercados, além de apoiar a banca da Grécia, a partir de março. A Comissão Europeia (CE) mostra, desta forma, que está consciente da impossibilidade de se chegar um acordo entre 25 e 26 de janeiro sobre um novo Governo de coligação na Grécia."

A CE está com receio que o Partido Syrisa ganhe as eleições na Grécia e insista no perdão da dívida ou eventual saída deste país na zona euro? Estamos com medo não ver soluções para lá da Troika? E se a moda pega para a vizinha Espanha e Portugal?...

Ideologias políticas à parte, as melhores decisões não devem ser tomadas pelo medo. 

Momento na Acrópole - Atenas ao estilo de João Paulo II: 
- "Não tenhas medo!"

http://www.sapo.pt/noticias/comissao-europeia-vai-propor-nova-prorrogacao_54b30192349f597104340582

11 de Janeiro - Dia Internacional do Obrigado



sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

Maldade à solta em Paris

Quando era pequenina aprendi que temos um Anjo da Guarda. 
E rezava à noite uma oração muito simples: "Anjo da Guarda, minha companhia, sê a minha protecção de noite e de dia". 

Estas memórias despertam a nossa criança interior. E não é algo que hoje em dia me lembre muitas vezes, confesso. Mas esta manhã, ao ouvir o desenvolvimento das notícias sobre o atentado de Paris e eventuais reféns, desprotegidos e expostos ao desprezo da vida e radicalismo gratuito, fiquei tão horrorizada que o meu coração ficou apertado e triste. Até foi estranho como entrei em sintonia com tais sentimentos melancólicos e agonizantes... "Isto não vai acabar bem :(" - disse a mim mesma.
Pensei que só mesmo pedindo com toda a Fé, a todos os Anjos da Guarda, que protejam os inocentes com que se cruzam os bárbaros suspeitos, nesta perseguição sem tréguas.